varejo-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-cnc-fecomercio-sesc-senac-cndl-sindilojas-cdl-lab-hub-ecossistema-omnivarejo-ingressos-aldo-rosa-ceo-1
super-inovador-varejo-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-abras-supermercado-gs1-brasil-em-codigo-1d-2d-(16)
varejo-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ai-aldo-rosa-palestrante-cnc-fecomercio-sesc-senac-cndl-sindilojas-cdl-lab-hub-ecossistema-feira-eletrolar-show-sp
varejo-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ai-aldo-cargnelutti-ceo-palestrante-cnc-fecomercio-sesc-senac-cndl-sindilojas-cdl-e-commerce-forum

Rio em Pauta (94FM) – Entrevista com Aldo Gonçalves, presidente do SindilojasRio e do CDLRio

Rio em Pauta (94FM) – Entrevista com Aldo Gonçalves, presidente do SindilojasRio e do CDLRio

Rio em Pauta (94FM) – Entrevista com Aldo Gonçalves, presidente do SindilojasRio e do CDLRio

O presidente do SindilojasRio e do CDLRio, Aldo Gonçalves, foi o entrevistado do programa Rio em Pauta (94 FM), apresentado pela jornalista Ermelinda Rita, para comentar as expectativas do comércio com o carnaval na manhã desta segunda-feira (5/02). Veja como clicando no link a seguir: https://www.roquettepinto.rj.gov.br/node/2724.

Blocos de carnaval movimentam o corcio do Rio

Com o grande número de foliões que devem participar dos quase 500 blocos previstos no carnaval do Rio e que estão movimentando as lojas especializadas em produtos para a folia, o comércio carioca espera um incremento de 5% nas vendas até o fim do período.

É o que mostra a pesquisa do Clube dos Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio e do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro – SindilojasRio, que ouviu 250 empresários da cidade do Rio de Janeiro, na semana de 22 a 26 de janeiro, para saber quais são as expectativas com as vendas de produtos para o carnaval. Também segundo o levantamento, os lojistas calculam que o preço médio das compras está em torno de R$ 150,00 e os clientes estão usando principalmente o Pix e o cartão de crédito parcelado, seguidos por dinheiro, cartão de débito e cartão de loja, como formas de pagamento. A pesquisa mostra ainda que as lojas do Centro da cidade estão vendendo mais que as das zonas Sul, Norte e Oeste.

Segundo Aldo Gonçalves, presidente do CDLRio, e do SindilojasRio, as vendas de produtos para o carnaval vão contribuir significativamente para os resultados das vendas de fevereiro. “O lojista está animado com a chegada de milhares de turistas nacionais e estrangeiros que está movimentando o comércio. “Com certeza o aumento das vendas de produtos para o carnaval será alavancado pela grande quantidade de blocos. Segundo a prefeitura do Rio, cerca de cinco milhões de foliões devem participar dos quase 500 blocos espalhados pela cidade”, disse ele, lembrando ainda que, além dos lojistas especializados na venda de produtos para o carnaval (adereços, fantasias, tecidos, chapéus, acessórios, maquiagem) e dos segmentos de vestuário e calçados (moda praia, camisetas, bermudas e shorts, sandálias e chinelos), outros segmentos do comércio serão beneficiados, como supermercados, bares e restaurantes, hotéis, pousadas e atividades de entretenimento e lazer.

Verão e carnaval devem aquecer as vendas do comércio carioca

Considerando o verão e o período de carnaval, no cômputo geral o comércio lojista do Rio de Janeiro estima um aquecimento nas vendas superior a 2,5%, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com uma projeção feita pelo CDLRio e pelo SindilojasRio. Para atrair os consumidores, os lojistas estão apostando em promoções, descontos, brindes e formas de pagamento diferenciadas. Aldo Gonçalves destaca que o verão e o carnaval têm significado especial para o comércio carioca. “É a estação que coincide com a alta temporada turística, reunindo ao mesmo tempo férias escolares e o carnaval. Um pacote perfeito dentro de uma embalagem bem tropical: o calor. O comerciante está sempre antenado com os festejos sociais para oportunizar negócios. O calendário é fonte de expectativas para os rumos da economia brasileira”, destacou ele

https://www.sindilojas.rio/