CNDL
varejo-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-cnc-fecomercio-sesc-senac-cndl-sindilojas-cdl-lab-hub-ecossistema-omnivarejo-ingressos-aldo-rosa-ceo-1
marcas-e-lideres-2024-rede-brasilinovador-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-corporates-investimento-febraban-tech-ciber-seguranca-bancos
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon

Quais são as perspectivas da Inteligência Artificial para o varejo

Quais são as perspectivas da Inteligência Artificial para o varejo

Quais são as perspectivas da Inteligência Artificial para o varejo

Para fechar o Smart Market ABRAS 2024, Tom Edwards comentou que a tecnologia não algo disruptivo, mas algo a ser convergido a favor de seu negócio

Para encerrar o evento de sucesso e com chave de ouro, o Smart Market ABRAS 2024 trouxe o Líder de IA Generativa na Ernst & Young (EY), Tom Edwards, nesta terça-feira, 9, para falar de Inteligência Artificial e suas perspectivas para o varejo alimentar. Tom Edwards é reconhecido como um líder talentoso e inovador, com uma lista impressionante de prêmios e reconhecimentos em marketing, tecnologia e liderança empresarial. Sua expertise se destaca não apenas pelos prêmios recebidos, mas também pelo impacto significativo que suas contribuições têm gerado em diversos setores.

Durante sua apresentação, Edwards ressaltou que vivemos em uma era em que a tecnologia exerce um controle significativo sobre nossas experiências, afetando não só o presente, mas também o futuro das gerações. Ele enfatizou que a IA não é uma tendência passageira, mas sim uma transformação que está criando valor e mudando a maneira como os negócios são conduzidos em diversas áreas, desde marketing até cadeia de suprimentos, finanças e recursos humanos. “IA está na vida de todos e dos consumidores, temos um poder de computação em nossos bolsos agora do que quando os astronautas da Apollo 11 foram a Lua”, comentou.

No contexto do varejo, Edwards destacou a ampla gama de áreas que a IA está impactando, como desenvolvimento, fornecimento, compras, produção, marketing e atendimento ao cliente. Ele citou exemplos de empresas como Walmart, Albertsons, Fresh Market, 7-Eleven, Carrefour e Pack’n’Save, que estão adotando a IA em suas operações diárias e transformando seus modelos de negócios.

Um dos casos apresentados foi o da Albertsons, que implementou a plataforma de gerenciamento de pedidos e estoque da Afresh Technologies em mais de 2.200 pontos de venda. Edwards também mencionou o Carrefour, que adotou compras internas otimizadas integrando IA generativa para aprimorar seus processos. Esses exemplos ilustram como a IA está sendo utilizada de forma criativa e estratégica no varejo, não como uma ameaça, mas sim como uma oportunidade de inovação e melhoria contínua.

Ao finalizar sua palestra, Edwards enfatizou a importância de compreender a digitalização e sua transformação, destacando que a IA não substituirá os profissionais, mas sim aqueles que não souberem aproveitar seu potencial e integrá-la de maneira eficaz em seus negócios. Assim, a mensagem principal foi a de que a IA é uma ferramenta poderosa que, quando bem utilizada, pode impulsionar o crescimento e a competitividade no setor varejista.

Em breve, no Programa SuperHiper ABRAS teremos uma entrevista exclusiva com Tom Edwards. Aguardem!