Guerra dos elétricos: Caoa reduz preço e iCar vira o mais barato do Brasil

Guerra dos elétricos: Caoa reduz preço e iCar vira o mais barato do Brasil

A guerra de preços entre os carros elétricos teve mais uma batalha e o Caoa Chery iCar assumiu o posto de mais barato da categoria no Brasil. A montadora baixou o preço do compacto de R$ 139.990 para R$ 119.990, desbancando o JAC e-JS1 que custa R$ 139.900.

Segundo a Caoa Chery, o desconto de R$ 20 mil se deve à “constante melhora da economia brasileira” e à alta procura pelo modelo, que, segundo a empresa, cresceu 500% após os descontos aplicados em junho.

Os preços dos carros elétricos começaram a baixar depois da chegada do BYD Dolphin por R$ 149.800. O hatch é maior, mais equipado e tem mais autonomia que os rivais menores que ocupavam essa faixa de preços. Desde então, tanto a Caoa Chery quanto a JAC deram sucessivos descontos sobre seus modelos.

Além disso, se espera pela chegada do GWM Ora e do Jac Y3, que devem concorrer com o Dolphin pelo mercado de hatchs elétricos maiores na faixa dos R$ 150 mil.

Além do iCar, a Caoa Chery também aplicou descontos sobre o Tiggo 8 Max Drive de sete lugares, com 3,6% de baixa no preço que passou de R$ 194.990 para R$ 189.990. O maior beneficiado foi o sedã Arrizo 6 Pro Hybrid, com 14,8%, passando de R$ 152.490 para R$ 129.990.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.


https://www.uol.com.br