Galaxy SmartTag 2 é lançada com bateria para quase dois anos de uso

Galaxy SmartTag 2 é lançada com bateria para quase dois anos de uso

A Samsung aproveitou o pacote de lançamentos dessa semana e, depois do Galaxy S23 FE, chegou a hora de mostrar ao mundo a segunda geração de seu rastreador, o Galaxy SmartTag 2. O novo gadget muda de formato e aumenta a autonomia da pequena bateria interna.

O que você precisa saber:
  • O Galaxy SmartTag 2 foi anunciado pela Samsung e ele segue basicamente tudo que já vimos nos rumores recentes
  • O rastreador mudou de formato, ficou maior e traz autonomia de bateria 50% maior que na geração passada
  • O gadget também ganhou melhorias na precisão do localizador, alcançando até 120 metros com conexão Bluetooth
  • O corpo, além de maior, agora conta com certificação IP67 para mergulho de até um metro de profundidade por 30 minutos

.
Assim como o Galaxy S23 FE recebeu um mar de rumores dizendo tudo sobre como seria o celular, o Galaxy SmartTag 2 passou pela mesma situação e agora temos as confirmações de quase tudo que vazou. A primeira novidade do rastreador é o formato, agora mais parecido com um controle de garagem em miniatura e menos semelhante ao que seria um chaveiro convencional.

A ideia ainda é a mesma de antes: você pendura o acessório em qualquer coisa que quiser rastrear e acompanha a localização remotamente. O Galaxy SmartTag 2 continua tirando proveito de uma rede de aparelhos da Samsung com Ultra Wideband (UWB) para encontrar o gadget, enviando sua localização para a internet e ela é quem te avisa que você perdeu uma mala, mochila, chave ou o tênis.

Galaxy SmartTag 2 exige um celular topo de linha

Por enquanto apenas celulares mais caros da Samsung contam com o UWB, totalizando 12 modelos compatíveis com a tecnologia. A lista inclui as variantes Plus e Ultra dos Galaxy S21, S22 e S23, Z Fold 2, 3 e 4, além do Galaxy Note 20.

Além do novo visual, o Galaxy SmartTag 2 entrega um recurso que adiciona dados sobre o dono do rastreador, para quando alguém encontrar um e ele estiver no modo perdido, saiba para quem devolver. Este modo não exige a antena UWB e o celular de quem encontrou o item precisa apenas de NFC e um navegador na web.

Outra melhoria está na precisão para quando o dono do rastreador precisa encontrar o item perdido em casa. Por fim, a autonomia de bateria aumentou para 500 dias de uso, ou 700 deles no modo de economia de energia. O incremento é de 50% quando comparamos com a geração anterior.

Agora o Galaxy SmartTag 2 tem certificação IP67 para poder sobreviver em um mergulho de até um metro de profundidade, durante 30 minutos.

Quando e quanto?

O Galaxy SmartTag 2 chega ao mercado internacional no dia 11 de outubro, ainda sem preço divulgado. A Samsung comentou que o lançamento no Brasil acontecerá em breve.


https://olhardigital.com.br